Escolha uma Página

No Peru práticas integrativas estão incluídas no seguro social

A oferta de práticas integrativas e complementares em saúde é garantida no Peru por meio do seguro social (EnSalud), que responde pela assistência à saúde de 30% da população. Diferentemente do Brasil, que conta com o SUS, o atendimento público, pelo Ministério da Saúde, cobre 65% dos peruanos e outros 5% recorrem a serviços privados, explica a médica Martha Villar López (foto abaixo, à direita), do Colégio Médico do Peru.

Segundo ela, no EnSalud “primeiro foi criado um Programa de Medicina Complementar com projeto-piloto em Lima, Arequipa e em Liberdade”. Um estudo de custo/efetividade realizado pela Opas/OMS apontou em 2000 uma positividade de 50% a 60% para nove doenças crônicas. O programa então deu lugar a uma Diretoria de Medicina Complementar, que estendeu a criação de centros de atenção em mais territórios. Em 2015 foi criada uma gerência para cuidar das práticas integrativas, ampliando a oferta de serviços nas unidades básicas de saúde.

Associado à oferta de PICS, foram desenvolvidos estudos de acompanhamento para verificar a satisfação dos usuários, mantida acima de 90%, e a redução do consumo de medicamentos, estimada em 60%. Um Instituto de Investigação de Medicina Tradicional foi criado, assim como outro de investigação clínica e um centro de informação de PICS.

O acesso às práticas integrativas pode ser por iniciativa do segurado ou por encaminhamento médico, que tem ocorrido em diferentes especialidades para pacientes crônicos principalmente. As clínicas que mais encaminham são as de medicina interna, reumatologia, psiquiatria, neurologia, cardiologia e endocrinologia.

Para que a assistência em PICS se tornasse uma realidade na rotina, as iniciativas englobaram formação de profissionais de saúde com visão holística e foco no paciente, com domínio de práticas naturais (hidroterapia, fitoterapia) e de outras, como a auriculoterapia e a homeopatia.

Estima-se, de acordo com Martha López, que 76% da população continua usando práticas de medicina tradicional, tais como plantas medicinais, minerais e fontes termais.

Na página da Biblioteca Virtual em Saúde sobre MTCI há uma seção listando regulações e políticas por países das Américas. Acesse: https://mtci.bvsalud.org/pt/regulacoes-e-politicas-em-mtci/.

Martha Villar Pópez, Live Rede MTCI/2022.