Além de prestar assistência a estudantes e profissionais com a terapia floral, professores do Centro Acadêmico de Vitória (CAV) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) buscam difundir essa prática integrativa e formar novos terapeutas florais. Para isso, oferecem a disciplina eletiva Florais de Bach no Cuidado Integral da Saúde e o curso de extensão Cura-te a Ti Mesmo.

A eletiva é destinada a estudantes dos cinco cursos de graduação do centro (enfermagem, nutrição, educação física, biologia e saúde coletiva) e da Residência Multiprofissional de Interiorização de Atenção à Saúde e para profissionais da rede pública municipal de saúde. Os trabalhadores do SUS têm dez das 30 vagas do curso reservadas para eles e suas participações são indicadas pela Secretaria de Saúde do seu município. A carga horária é de 60 horas/aula, sendo 30 horas de aulas teóricas e o restante de prática.

De acordo com a professora Rogélia Herculano, responsável pela disciplina, a finalidade dessa eletiva é dar aos participantes a oportunidade de acrescentar, de integrar ao seu trabalho outra ferramenta de cuidado. “A aceitação tem sido boa entre os estudantes. Temos até lista de espera para cursar a disciplina. Muitos deles já vivem as dificuldades do sistema de saúde e fizeram uso dos florais”, diz ela.

O Cura-te a Ti Mesmo tem por objetivo incentivar a formação de grupos de cuidados ao cuidador (trabalhadores do SUS) nas instituições de saúde das três esferas de atenção (básica, média e alta-complexidade). O projeto capacita profissionais em terapia floral do sistema Bach, possibilitando a implantação de um espaço de cuidado com florais. No segundo semestre de 2019, o curso, de 60 horas/aula, foi promovido em Pombos, município da Zona da Mata de Pernambuco, reunindo 31 profissionais dessa cidade, do Recife e de Vitória de Santo Antão. “Pombos implantou um espaço de cuidado para seus servidores da saúde e a próxima cidade a receber a capacitação será Camaragibe”, conta Rogélia.

Essa formação, que tem o nome do livro escrito por Edward Bach, médico inglês precursor da terapia floral, é desenvolvido em parceria com o Instituto Healing  e Secretaria de Saúde de Pernambuco. O município que desejar realizar a capacitação deve entrar em contato com a Coordenação Estadual das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde.

 

Coletânea atualiza saberes sobre PICS. Primeiro número aborda florais

CAV em Flor, a experiência universitária que ajuda estudantes e trabalhadores