Escolha uma Página

As sínteses de evidências sobre diferentes práticas integrativas e complementares em saúde (PICS), lançadas em 2020 e produzidas sob a coordenação da Fiocruz Brasília para a Coordenação Nacional de PICS do Ministério da Saúde, passaram a integrar a base de dados Políticas Informadas por Evidências (PIE), coordenada pelo Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme). Na mesma base também estão disponíveis os mapas de evidências em PICS produzidos numa parceria do Consórcio Acadêmico Brasileiro de Saúde Integrativa (CABSIn), Rede MTCI Américas e Bireme.

O conteúdo pode ser acessado por meio de um link próprio da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). A base PIE reúne documentos para auxiliar “a tomada de decisões políticas fundamentadas pela melhor evidência científica disponível”, como informa o Bireme. Para localizar os documentos sobre PICS na base de dados, basta adicionar à busca o nome da prática de interesse.

As sínteses de evidências produzidas pela Fiocruz Brasília abordam acupuntura, auriculoterapia, meditação e yoga. Esses documentos reúnem informações sobre conjuntos de publicações científicas, agrupando e avaliando resultados de vários estudos com base na qualidade das revisões sistemáticas e confiança em relação aos achados.

A partir das sínteses, a CNPICS/MS lançou cinco informes técnicos sobre a aplicação de diferentes práticas para uso pela Atenção Primária no controle de doenças crônicas (ansiedade, hipertensão, diabetes e saúde mental), além de um guia sobre auriculoterapia com recomendações para a prática, nas unidades básicas de saúde, como tratamento complementar da insônia, ansiedade, tabagismo, obesidade e dor lombar. “Está em planejamento com a Fiocruz a elaboração de sínteses qualitativas e sínteses para políticas. São metodologias que se consagraram nos últimos anos para trazer informação aos tomadores de decisão, gestores ou trabalhadores de saúde”, completa Daniel Amado, coordenador nacional de Práticas Integrativas no MS.

Guias orientam uso de auriculoterapia em diferentes condições de saúde

Evidências clínicas no uso de PICS para transtornos alimentares e insônia