Escolha uma Página

Espaço Madel Luz

Criadora do conceito de racionalidades médicas, na década de 1990, que vêm contribuindo para a legitimação de práticas integrativas e complementares em saúde frente à medicina convencional, ou a biomedicina, Madel Therezinha Luz ganhou um espaço no site do ObservaPICS. O projeto traz os pensamentos de Madel relacionados às racionalidades e às PICS, além de dados biográficos dessa professora e cientista social.

Produções

Cordel

Entrevista

Linha do Tempo

Produções

Artigos

Aulas

Congressos e eventos

Madel Luz: Mulher Cientista na História

Na cidade do Rio
No ano de 39
Deu-se um fato bem feliz
Muita gente se comove
Dona Nair deu à luz
Quer saber? se acomode

No berço do samba
Nascia a Madel
Três de julho foi a data
Registrada no papel
Imagina o pai Romeu
Doidinho e abobalhado
Dando graças ao céu

Luz e energia
Há pouco se descobrira
O petróleo na Bahia
Sincronia que trazia
O milagre do Brasil
e o de Santa Terezinha

Luz chegava para ser
A mais velha do casal
de professora e contador
Ela faz poesia e sarau
Gosta de todos os gêneros
Uma mulher musical

Pela música francesa
Exprime apreciação
Que vem antes, lá do berço
Desde a sua geração
Madel vem de Madelaine
Francesa derivação

Cresceu muito levada
Reinações de Narizinho
Primeira leitura amada
Adora uma massa
Mas não da pesada
No paladar, também é refinada

Quando questionada, respondia
“Quero ser professora”
Em Sócrates se inspirou

Decidiu e se transformou
Numa grande pesquisadora
Mais que espectadora

Tu não vai acreditar
Que ela, nas horas vagas
Permanece a pensar
Adora filmes e seriados
Mas são os documentários
Que fazem seu coração vibrar

Assim como sua mãe
Deu à luz dois filhos
E se orgulha dos seus netos
Uma menina, três meninos
Que colorem suas vidas
Deixando tudo mais lindo

Se você estuda PICS
Dela já ouviu falar
E se ainda não o fez
O Lattes vai procurar
Para ver com os próprios olhos
Sua trajetória e caminhar

Saramago já dizia
Que a leitura permitia
Em muitos lugares estar
Pois num é que eu viajei
Com as leituras que encontrei
Sobre Madel e o seu formar

No Rio fez filosofia
Na Bélgica, Sociologia
E mestra se tornou
Em São Paulo o doutorado
Na França e em Portugal
Fez pós-doc em duplicado

Ela veio fazer história
E lá em 93
Criou um belo conceito
Que se hoje fosse aceito
Como é o farmacêutico
Pro mundo seria Glória!

Racionalidade Médica
Ela criou para englobar
As medicinas alternativas
E saberes tradicionais
Que o povo tem pra ensinar
Vale a pena pesquisar

Não quero me alongar
Mas vou evidenciar
O Saber Tradicional
Uma prática milenar
Um saber ancestral
Para as PICS basilar

E se eu te disser
Como tudo começou
Pesquisando as Racionalidades
Na homeopatia se debruçou
E com o passar do tempo
Muito mais pesquisou

Se liga na importância
Só pra tu ter uma noção
O conceito se ampliou
Um campo da saúde se tornou
E com fundamentação
Uma política aprovou

Uma Política Nacional
das PICS, que falei lá atrás
E sendo conceitual
Práticas Integrativas e
Complementares em Saúde
Um exemplo é o seu floral

O aniversário é dela
82 completou
Mas ainda assim
Um presente nos deixou
“Escrevam sobre objetos de pesquisa”
Disse para quem nela se inspirou

 

– Camila Tenório Ferreira.

 

 

Entrevista

Filha de uma adepta da homeopatia e mãe de um acupunturista, a cientista social Madel Luz iniciou os estudos sobre o que categorizou como racionalidades médicas depois de um problema de saúde da sua filha, aos três anos de idade. A menina, depois de receber diferentes diagnósticos, foi tratada por um homeopata. Até esse acontecimento, Madel enxergava um ar místico nessa prática integrativa e complementar em saúde. Os estudos sobre as PICS em si, sempre coube aos seus alunos, já que ela é uma profissional das ciências humanas. Apesar disso, é inegável sua contribuição para o avanço das pesquisas e do conhecimento sobre as práticas integrativas. Nesta entrevista para o ObservaPICS, ela se define como uma professora, antes de qualquer outra coisa, fala no que focariam hoje seus estudos se não estivesse aposentada, da necessidade da ciência de ver seus objetos de estudo com maior totalidade e dos desafios atuais das PICS que, de acordo com ela, ninguém fala no assunto, mas “todo mundo usa”.

Confira a integra da entrevista com Madel Luz aqui.

Madel Luz

Linha do Tempo

^
1958 - 1962

Graduação

Graduação em Filosofia na Universidade do Rio de Janeiro (UFRJ), Brasil.

^
1965 - 1969

Mestrado

Mestrado em Sociologia na Université Catholique de Louvain, (UCL), Bélgica.

^
1974 - 1978

Doutorado

Doutorado em Ciências Políticas na Universidade de São Paulo (USP), Brasil.

^
1998 - 2000

Capes

Membro da Comissão de avaliação dos programas de Pós-graduação em Saúde Coletiva da Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Consultora Ad Hoc da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj).

^
2003

Reconhecimento

Reconhecida Importância para o Sistema Público de Saúde, Conselho Nacional de Secretarias Municipais da Saúde.

Moção de Louvor, Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.

^
2005 - 2005

Pós-doutorado

Pós-Doutorado no Institut Recherches Médicales, (INSERM), França.

^
2006 - 2009

Abrasco

Vice-presidente da Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (Abrasco).

^
2009

Medalha Oswaldo Cruz

Recebimento da Medalha de Ouro Oswaldo Cruz, concedida pelo Ministério da Saúde.

^
2012 - 2012

Pós-doutorado

Pós-Doutorado no Instituto Superior Ciências Sociais e Políticas (ISCSP-UTL), Portugal.

Matérias relacionadas