O Consórcio Acadêmico Brasileiro de Saúde Integrativa (CABSIn), parceiro do ObservaPICS, lançou formulário para relato de casos de Covid-19 numa abordagem integrativa de saúde. Trata-se de um instrumento de coleta de informações para alimentar um banco de dados internacional. Os relatos servirão para “acompanhamento de conduta e geração de evidências no enfrentamento da pandemia” do novo coronavírus, explica o CABSIn.

A versão em português do formulário foi elaborada numa parceria do Consórcio Acadêmico Brasileiro de Saúde Integrativa com o Grupo CARE – Case Report, da National University of Natural Medicine (NUMN), em Portland (Estados Unidos), e a Universidade Tecnológica de Sydney (UTS), na Austrália. O documento também pode ser acessado em inglês e espanhol.

O médico Ricardo Ghelman, diretor-presidente do CABSIn, explica que a participação de brasileiros nas abordagens de Covid-19 com práticas integrativas registradas no banco internacional é importante para os estudos mundiais e locais. “A experiência brasileira é única, cada país tem suas particularidades. A parceria internacional nos ajuda a analisar com agilidade os dados. As informações envidas serão resgatadas depois para publicação”, esclarece.

O médico Ricardo Ghleman (FMUSP-SP) preside o CABSIn/ Foto: ObservaPICS

MAPA DE EVIDÊNCIAS ClÍNICAS

Ainda neste mês de abril, o Consórcio Acadêmico Brasileiro de Saúde Integrativa também estará publicando o Mapa de Evidências Clínicas das PICS Para Enfrentamento da Covid-19, um projeto em parceria com a Rede MTCI Américas e a Bireme/OPAS/OMS.

Ghelman adianta que o documento deve abranger resultados de cerca de 150 estudos controlados e revisões sistemáticas, extraídos de bases de dados internacionais como Pubmed e BVS MTCI/Biblioteca Virtual em Saúde das Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas, considerando a vasta literatura científica, inclusive as recentes publicações de 12 países, com ênfase nos EUA, Holanda, Reino Unido, China, Alemanha e Brasil.

O mapa de evidências divide a análise do efeito dos estudos clínicos em três categorias: resposta imunológica e atividade antiviral, manejo clínico da infecção e saúde mental, considerando uma gama de vírus respiratórios, não apenas o da Covid- 19. Será publicado no site da Rede MTCI Américas /Bireme/Consórcio.

Homeopatia estuda sintomas de Covid-19 no Brasil

Criada rede de apoio para cuidar dos profissionais de enfermagem na pandemia de coronavírus