Escolha uma Página

O Consórcio Acadêmico Brasileiro de Saúde Integrativa (CABSIn), com apoio da Elsevier América Latina Sul, promove nesta quarta (18/11), a partir das 18h30, o webinar Pesquisa em Saúde Integrativa: panorama global e a formação de redes de pesquisadores. O evento virtual reunirá representantes de instituições que realizam estudos na área.

Dentre os temas a serem abordados estão os mapas de evidências elaborados pela parceria BVS/MTCI, Rede MTCI Américas e CABSIn, eficácia e efetividade na pesquisa sobre medicinas tradicionais, complementares e integrativas, dados nacionais e internacionais resultantes de novos estudos. Para se inscrever e participar, acesse o link disponibilizado pelo consórcio. 

MAPAS DE EVIDÊNCIAS

No início do mês, o Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde da Organização Pan-Americana da Saúde (Bireme/Opas), ao qual a BVS/MTCI está ligada, lançou a série de mapas de evidências sobre a aplicabilidade clínica de práticas integrativas e complementares de saúde (PICS). O trabalho, em parceria com a Rede MTCI Américas e o Consórcio Acadêmico Brasileiro de Saúde Integrativa, tem por objetivo identificar, sintetizar, descrever e caracterizar a evidência científica existente sobre determinadas práticas, a partir de publicações em diferentes repositórios.

Para a representante da Opas no Brasil, Socorro Gross, os mapas de evidência permitem oferecer informação com base científica, para que as práticas estejam disponíveis de forma segura para o bem comum das populações.  São, ao todo, 14 mapas de evidências sobre PICS que podem ser acessados no site da BVS/MTCI , abordando contribuições das práticas no contexto da pandemia de Covid-19, efetividades clínicas da fitoterapia e plantas medicinais para cicatrização e doenças agudas, saúde mental e qualidade de vida, distúrbios metabólicos e fisiológicos, doenças crônicas e dor, aplicação da ozonioterapia bucal e médica, da shantala, da yoga, da meditação, acupuntura e auriculoterapia, por exemplo.

Durante o evento de lançamento, o presidente do CABSIn, Ricardo Ghelman, enfatizou a missão de validar cientificamente as abordagens integrativas e complementares em saúde a partir dessa sistematização que é feita por meio dos mapas. Segundo ele, são cerca de 1,5 milhão de publicações sobre MTCI reunidas pela BVS, o que reflete “o aumento exponencial” ocorrido sobre a temática a partir do ano 2000.

O CAMPO PRÁTICO

A busca de evidências sobre PICS também se dá no campo prático do SUS. O ObservaPICS tem se dedicado ao levantamento das evidências empíricas, lembrou na ocasião a coordenadora Islândia Carvalho.  O observatório  vem avaliando experiências, considerado as necessidades de informação dos gestores, promovido reflexões e articulado novos estudos. Um manual está sendo elaborado para apoiar as gestões municipais no levantamento de custo dos serviços, uma demanda frequente nos serviços de saúde.  Em dezembro, numa parceria do ObservaPICS e Rede MTCI Américas, um livro será lançado sobre experiências e reflexões em torno das PICS na América Latina.