Escolha uma Página

Às 9h desta sexta-feira (22 de janeiro) o Congresso Brasileiro de Alimentação e Nutrição promove um debate virtual sobre as novas resoluções do Conselho Federal de Nutrição (CFN) que regulamentam o exercício das práticas integrativas e complementares em saúde pelo nutricionista. As normas orientam sobre o uso do que está previsto na Política Nacional de PICS e tratam também da formação na área.

A conversa sobre as resoluções será com o Grupo de Trabalho do CFN (foto/divulgação CFN) responsável pelos estudos que geraram a regulamentação. Acompanhe no https://asbran.icongressolive.itarget.com.br/asbran/.

“Tínhamos conhecimento de profissionais trabalhando com PICS, porém, devido à não regulamentação das práticas para atuação do nutricionista, eles atuavam isoladamente, adotando as práticas integrativas separadas da atividade como nutricionistas”, explica Vânia Passero, coordenadora do GT PICS do CFN. Segundo ela, para elaborar a regulamentação, foi realizada uma escuta profissional, reunidos dados do Ministério da Saúde sobre a atuação dos nutricionistas no SUS e considerada a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PNPICS).

A expectativa, a partir das Resoluções 679, 680 e 681 do CFN, que regulamentam o exercício das práticas integrativas pelo nutricionista, “é que os profissionais da área possam buscar qualidade na formação em PICS e utilizá-las de forma complementar à assistência nutricional e dietoterápica”, reforça Vânia Passero.

“É o primeiro conselho a detalhar as necessidades de formação de seus profissionais com esse nível de especificação. A partir dessa resolução os profissionais da nutrição terão mais segurança para aplicar seus conhecimentos e buscarem formação que atendam aos critérios mínimos”, avalia Daniel Amado, coordenador de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde do MS.

Leia na íntegra a regulamentação do CFN