Ícone do site ObservaPICS

Atualização de DeCS sobre PICS será processo contínuo

Que palavras-chave melhor identificam informações sobre medicinas tradicionais e Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) ? Que termos sobre os dois temas devem ser incluídos na lista de Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) para facilitar a indexação e recuperação do conhecimento presente em documentos técnicos e científicos depositados em bibliotecas?

Encerrou-se no último domingo (10/04)  consulta pública para validar proposta  que cria a categoria PICS no tesauro DeCS, ampliando o repertório de palavras para organização e classificação de acervos bibliográficos. Mas a atualização será um processo contínuo.

“Queremos visibilizar o acesso e uso dos conteúdos técnicos e científicos para facilitar a promoção e articulação com serviços de saúde nas Américas. Permitimos, com isso, facilitar o intercâmbio de conhecimento”, explicou Natalia Sofía Aldana, especialista em medicinas alternativas, editora geral da Biblioteca Virtual em Saúde para Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas (BVS/MTCI) e membro da Rede MTCI Américas. Ela participou de webinário promovido pelo ObservaPICS.

A Rede MTCI e a BVS se empenharam nos últimos anos, com a colaboração de especialistas, na formulação da proposta de revisão do DeCS para qualificar a organização do conhecimento em relação às medicinas tradicionais e às diferentes práticas integrativas. Em webinário promovido pelo ObservaPICS no último dia 6 de abril, Natália Sofía e Verônica Abdala (também da BVS) explicaram  a importância desse trabalho, detalharam os aspectos mais importantes da revisão, dentre os quais, a criação de categoria própria com ramificações, e a necessidade de dar conta da diversidade cultural, nas Américas, acerca das temáticas.

Com o encerramento da consulta pública, serão analisadas as sugestões enviadas e consolidada a proposta. O lançamento está previsto para maio. “Vamos continuar trabalhando depois dessa revisão”, enfatizou Natalia Sofía. Perdeu o webinário  no dia 6 de abril? Assista ao conteúdo no Canal do Observa PICS no Youtube.

Sair da versão mobile