O médico taoista Marcos Freire Jr., uma das referências no SUS em práticas da medicina chinesa, mostra, a pedido do ObservaPICS, um circuito breve de automassagem. Essa forma de autocuidado, presente em unidades de saúde que oferecem práticas integrativas e complementares, pode ser feita em casa ou em qualquer ambiente. Por ser individualizada, é bastante segura em momento de distanciamento social como o atual, de pandemia de Covid-19.

“É uma técnica muito simples e versátil, que pode ser realizada cotidianamente e se ajusta bem a outras formas de tratamento e de promoção da saúde, da mente, do corpo físico e do espírito”, explica o médico. A prática breve que ele ensina no vídeo “promove a circulação de sangue e energia por todas as partes do corpo”, explica. “Pode ser usada diariamente para tonificar o organismo e fazer a integração da mente, do corpo e da sua presença no tempo e no espaço”, reforça.

Marcos Freire desenvolve atividades no Centro de Referência em Práticas Integrativas de Saúde (Cerpis) de Planaltina (DF). Durante a pandemia do novo coronavírus, há encontros virtuais. Toda quinta-feira, às 8h30, tem sessão de automassagem aberta para qualquer pessoa do Distrito Federal e de outras localidades do país. “Para participar é necessário baixar o aplicativo Zoom no celular. É de graça, 100% SUS”, lembra o médico.

Automassagem, estratégia de cuidado complementar em Blumenau durante a pandemia

Roda de conversa no DF para debater plantas medicinais